Os rins do seu gato desempenham várias funções importantes que são essenciais para manter o seu gatinho saudável. Aqui, nossos veterinários da Uau Uau Que Mia, clínica especializada em gatos em Santo André, SP, explicam a insuficiência renal em gatos, possíveis causas, tratamentos e sinais de insuficiência renal em estágio terminal.

O que é insuficiência renal em gatos?

Quando os rins do seu gato estão saudáveis, eles trabalham para remover toxinas, controlar a pressão arterial, manter um equilíbrio eletrolítico normal, regular a hidratação e o cálcio e produzir hormônios que estimulam a produção de glóbulos vermelhos. 

Se o seu gato for diagnosticado com insuficiência renal – também conhecida como insuficiência renal – os rins não estão mais funcionando de forma eficiente. Isso pode ser causado por vários fatores e condições, como infecções, tumores ou ingestão de algo tóxico.  

O risco imediato de problemas renais em gatos é que eles não conseguem limpar o sangue de toxinas perigosas.

Quais são os sintomas da insuficiência renal em estágio terminal em gatos? 3

Veterinária especialista em gatos

Nós contamos com nossa veterinária especialista em gatos Dra Daisy Rodrigues CRMV-SP 29815. Ela é médica veterinária formada pela UNIABC, especialista em anestesia e felinos. A Clínica Veterinária UAU UAU QUE MIA atende tutores de toda a região metropolitana de São Paulo. Veja nossa especialidade e entre em contato.

Tipos de insuficiência renal observados em gatos

Existem dois tipos de insuficiência renal em gatos. Cada tipo difere em causas, opções de tratamento e prognóstico.

Insuficiência renal aguda

Se seu gato está sofrendo de insuficiência renal aguda, isso significa que seus rins de repente não podem funcionar corretamente. Esse tipo de insuficiência renal ocorre repentinamente, em alguns dias ou semanas. Se diagnosticada a tempo, a insuficiência renal aguda geralmente pode ser revertida.

Pode acontecer em gatos de qualquer idade e normalmente resulta de venenos, traumas, infecções, falência de órgãos, bloqueios uretrais, desidratação e outras causas. Venenos, como plantas tóxicas, pesticidas, fluidos de limpeza e medicamentos para uso humano, são a causa mais comum de insuficiência renal aguda.

Insuficiência Renal Crônica

A insuficiência renal crônica em gatos é uma condição gradual que geralmente se desenvolve ao longo de vários meses ou mesmo anos. Esse tipo de insuficiência renal geralmente é causado por doenças autoimunes, cistos nos rins e genética. 

A insuficiência renal crônica é uma doença progressiva que pode levar à insuficiência renal total, em que os rins param de funcionar gradualmente à medida que perdem a capacidade de filtrar as toxinas do sangue. 

Sintomas de insuficiência renal em gatos 

Se os rins do seu gato não estão removendo os resíduos do corpo, você pode perceber que ele está bebendo mais água e tentando urinar mais. Como as toxinas se acumulam no corpo do gato, ele pode sentir náuseas e parar de comer. Em geral, seu gato parecerá letárgico e não muito feliz. 

Os sintomas gerais de insuficiência renal em gatos podem incluir:

  • Desidratação
  • Excesso de sede
  • Fraqueza
  • Perda de peso
  • Falta de apetite
  • Diarreia (pode conter sangue)
  • Vômito (pode conter sangue)
  • Depressão
  • Mal hálito

Se o seu gato está sofrendo de insuficiência renal aguda, você também pode notar as costas arqueadas ou o andar com as pernas rígidas, sintomas de que os rins do seu gato estão causando dor.

A insuficiência renal crônica progride gradualmente ao longo dos anos e os sinais podem não ser perceptíveis. No momento em que você vê os sintomas, a doença pode já estar levando à insuficiência renal total. 

Embora não haja cura para a doença renal crônica, se ela for detectada e tratada precocemente, a longevidade e a qualidade de vida do seu gato podem ser melhoradas.

Quais são os sintomas da insuficiência renal em estágio terminal em gatos? 1

Sintomas de insuficiência renal em estágio final em gatos

Os sintomas de insuficiência renal em estágio final em gatos incluem olhos embotados e fundos, incapacidade de andar, odor corporal, incontinência na bexiga ou intestinos, recusa em comer ou beber, convulsões, confusão, ritmo e inquietação, afastamento, esconder-se e fugir.

Embora mais de um desses sintomas estejam presentes, você pode não ver todos eles em seu gato. Com a insuficiência renal, não há respostas fáceis, pois diferentes sintomas podem estar presentes em momentos diferentes. 

Esses sintomas também podem ser sinais de outras doenças, por isso o diagnóstico precoce, o controle da doença e a comunicação com o veterinário são essenciais. 

Como a insuficiência renal em gatos é diagnosticada e tratada

Seu veterinário fará um exame abrangente do seu gato, incluindo exames de sangue e urina, raios-X e, possivelmente, um ultrassom. Uma biópsia renal também pode ser necessária. 

Se houver doença renal, os tratamentos podem incluir fluidos intravenosos para corrigir a desidratação, injeções de vitaminas, suplementos, medicamentos e possivelmente cirurgia para remover bloqueios. Ao tratar a insuficiência renal, o objetivo é controlar os sintomas e retardar a progressão da doença. 

Você pode apoiar o tratamento do seu gato com uma dieta bem administrada e bastante água limpa e fresca. Seu veterinário irá recomendar que você faça a transição gradual do seu gato para uma dieta de rim que seja pobre em fósforo e proteína e seja enriquecida com vitamina D e ácidos graxos ômega-3.  

Para gatos com insuficiência renal em estágio terminal, os cuidados paliativos serão necessários nos últimos dias. Isso incluirá mantê-los aquecidos e confortáveis, com comida, água e uma caixa de areia por perto, bem como muita companhia humana amorosa.