Entender a pelagem dos cães para banho e tosa é preciso compreender primeiro sua estrutura. Cada raça possui uma pelagem diferente e requer cuidados especiais. A pelagem dos cães está estruturada em pelos longos e curtos e o que difere as raças é a pelagem dos cães, cores, texturas.

Para quem não sabe, a pelagem dos cães é de suma importância na vida deles. A pelagem protege a pele dos cães e contribui para que eles tenham a temperatura do corpo equilibrada. É comum quando você tosa toda a pelagem dos cães, o comportamento deles mudam justamente porque seus pelos foram tosados.

Como são os pelos dos cachorros

Já que vamos ter um longo bate papo sobre banho e tosa, e principais cuidados com os pelos de nossos pets, precisamos ao menos entender, a parte estrutural da pelagem dos cães. Vou tentar ser o mais direta possível, mas com certeza se você der a atenção necessária á este tema, todo o restante ficara mais fácil de ser compreendido.

A pelagem dos cães é constituída pelo conjunto de Pelo que cobre o cão. A pelagem dos cães está totalmente relacionada com o ambiente em que a raça teve origem (á qual localidade os primeiros exemplares da raça surgiram).

A Pelagem dos cães divide-se em 2 tipos:

  • Pelo Principal ou Externo – Presente em todos os cães, sua estrutura é mais lisa, porém grossa, sempre mais brilhante e áspero. Sempre mais logo que o subpelo.
  • Pelo Secundário ou Subpelo  -Estruturalmente mais ondulado, mais fino e macio, de aspecto fosco e claro, sempre mais curto.
Pelo e subpelo em cachorros

Quanto ao Tipo de Pelagem dos Cães

  • Pelagem simples dos cães: não existe subpêlo, somente pêlo principal;
  • Pelagem dupla dos cães: Constitui em Pêlo principal e subpêlo;

Cuidados com a pelagem dos cães

Muitos criadores e donos de cães acreditam que para deixar a pelagem dos cães bonita é precisa dar banho com alta frequência, o que é um erro, porque o banho retira uma gordura natural que protege a pele do cãozinho e deixando ele exposto a sarnas, micoses e outros problemas de pele.

Escovar mais e reduzir os banhos, resultam em pelagem mais bonita e pele mais saudável.

Para que a pelagem dos cães tenham boas mudas e novos pelos possam crescer, é preciso escovar diariamente. Os fios da pelagem dos cães sofrem duas fases: crescimento e repouso (pelo morto). Já reparou que quando você escova a pelagem dos cães, muitos pelos se fixam na escova? Isso significa que os pelos mortos saem do folículo e os pelos novos crescem, devido ao estimulo da escovação.

Banho e tosa

Quem tem animal de estimação sabe o quanto é importante oferecer cuidado e proteção para eles. Pensando nisso, a Clínica Veterinária Uau Uau Que Mia conta com variedade de serviços e atendimento personalizado. Além de uma equipe de profissionais qualificados, o empreendimento oferece o que há de mais moderno no mercado para cães e gatos.

Tipos de pelos de cachorro e seus cuidados 1

Banho e tosa em Santo André

O melhor petshop de Banho e Tosa de Santo André é oferecido perto de você pela Uau Uau que Mia! Nosso serviço é executado por profissionais com larga experiência, capacitados para vários tipos de tosa.

Além disto trabalhamos com especialistas em Endocrinologia, Oftalmologia, Oncologia veterinária. Atendemos todas as cidades da região metropolitana de São Paulo, nosso horário é flexível, das 9h às 21h durante a semana e das 9h às 17 aos sábados!

Uma das importâncias do banho e tosa é já identificar possíveis problemas de saúde no cachorro, como por exemplo pulgas e carrapatos, alergias de pele, problemas de ouvido, e outros sintomas. O profissional de banho e tosa já pode recomendar que o tutor leve seu pet a um endocrinologista veterinário, por exemplo.

Para que servem os pelos e subpelos

A Pelagem Dupla dos cães (pelo +subpelo), tem por finalidade servir como uma manta térmica, isolante, que no inverno protege para que o animal permaneça aquecido e no verão, evitando que o corpo absorva calor. Geralmente, esta pelagem dos cães esta sujeita á chamada “muda sazonal”, ou seja, o subpelo se desprende 1 ou 2 ao ano (primavera e outono). Exemplos: Akita, Pequinês, Collie, Husky Siberiano, Samoieda, Pomerânia.

Pelagens Duplas que não sofrem muda sazonal: Conhecida também como “Non Shedding”, são aquelas que consistem, em grande quantidade de Subpelo, maior que o pelo principal, é uma pelagem de crescimento contínuo dos cães, pois os pelos crescem e se desprendem um a um, em determinado momento, e sendo assim quando esses pelos não são removidos semanalmente, viram “nós”, tendo assim que tosar o animal. Exemplos de raças: Poodle, Lhasa Apso, Shih tzu.

O que é a muda de pelos

A pelagem dos cães sofre constantemente trocas de pelos e por isso cai com frequência, melhor dizendo, periodicamente, porque os pelos se reciclam num período de duas vezes anualmente, pelo menos na maioria das raças. Eu recebo muitas dúvidas, porque os cães estão sempre trocando a pelagem, mas não se preocupe, isso é normal e é denominado de “muda de pelos”

Tipos de pelagens em cachorros

Cães de pelo longo liso e levemente áspero

Existem certas raças caninas de pelo longo, que têm textura levemente áspera. O pelo é longo, liso, denso, brilhante e os fios são grossos e um pouco ásperos. Dentro deste tipo de pelagem se enquadram as raças:

  • Sky Terrier
  • Lhassa Apso
  • Shin Tzu

Cães de pelo longo com ondulações

Estes cães têm uma pelagem com textura toda especial. O pelo é longo, mais grosso e mais áspero que a classificação anterior. A leve ondulação deve-se à sua textura mais grossa. Essa pelagem é mais impermeável e protege do frio e da umidade os cães que caçam na água. Neste tipo de pelagem se enquadram vários cães do primeiro grupo como:

  • Setter Gordon
  • Golden Retriver
  • Springer Spaniel, etc

Cães com dupla pelagem

A expressão “dupla pelagem” aplica-se aos cães que têm o subpelo denso e macio e sobrepelo de fios longos, semi longos, semi curtos que dão a silhueta desejada na raça. Os fios da parte externa podem ser ásperos ou semi-ásperos, mas jamais sedosos. Neste tipo de pelo nunca deve-se usar creme, creme rinse e sim, um bom shampoo que dê volume e corpo.

Cães com subpelo denso e pelos longos e lisos:

Dentro desta variedade se enquadram as raças Collie, Pastor de Shetland, Pomerania. O subpelo é denso e macio e o sobrepelo é longo, profuso, liso e áspero. Essa pelagem deve ser escovada com muito cuidado, pois se o subpelo for arrancado, perde-se a forma original da pelagem e tira-se a silhueta desejada.
Cães com subpelo denso e sobrepelo longo e com leve ondulação

Os cães com essa pelagem têm subpelo bem denso e macio e sobrepelo longo, achatado e levemente ondulado. A pelagem não é tão armada como o do Collie, mas uma forma mais rente ao corpo. Nessa classificação se enquadram o São Bernardo, Terra Nova, Bernese Mountain Dog.

Cães com subpelo denso e sobrepelo de comprimento semi-longo

Estes cães têm subpelo bem denso e macio e sobrepelo de comprimento médio que dá forma ao cão. A pelagem é mais cheia especialmente em volta do pescoço. E pode ser subdividida em cães com pelos mais ásperos e menos ásperos.

O que as raças têm em comum é que são originárias de partes do mundo extremamente frias.

Os de textura mais áspera são: Matemute do Alaska, Samoieda e Akita.

Os de textura menos áspera são: Pastor Belga, Pastor Belga Terruven e Chow Chow.

Cães com subpelo denso e sobrepelo semicurto

Estes cães têm o subpelo denso que os protege contra o frio e possíveis picadas de insetos. O sobrepelo é de textura levemente áspera. Essas raças têm pelos mais denso em volta do pescoço, como se fosse um colar; nas coxas dá a impressão do cão usaar culotes.

Dentro deste tipo de pelagem se enquadram as raças:

  • Pastor Alemão
  • Pastor Belga Malinois
  • Welsh Corgi Pembroke
  • Welsh Corgi Cardigan

Cães de pelo duro ou pelo de arame

As expressões “pelo duro” “pelo de arame”, se referem à sua textura extremamente áspera. O sobrepelo é alto e espesso, não caindo rente ao corpo; o subpelo é lanoso e quando não é retirado no “trimming” (tosa) quase se sobressai por entre o pelo duro, como uma lã entre os fios ásperos do sobrepelo.

Entre as raças de pelo duro são:

  • Scottish Terrier
  • Schanauzer gigante
  • Standard e Miniatura
  • Aridale Terrier
  • Fox pelo duro
  • Irish Terrier e outras raças
Tipos de pelos de cachorro e seus cuidados 21

Cães de pelo curto

Os cães de pelo curto têm a pelagem densa, brilhante e rente ao corpo, existindo apenas uma pequena diferença quanto à textura e comprimento. Algumas raças apresentam o pelo mais macio e outras mais ásperos. Havendo ainda uma pequena diferença no comprimento que pode ser ligeiramente mais longo. Entre as principais raças estão:

  • Pinscher
  • Dobermann
  • Beagle
  • PitBull
  • Bull Terrier
  • Fila Brasileiro
  • Dogue Alemão

Tipos incomuns de pelagem

Existem duas pelagens com subpelo denso, típicas de suas raças distintas. Elas diferem em textura e formato. Estes cães são:

Tipos de pelos de cachorro e seus cuidados 22
Raça Old English Sheepdog

Old English Sheepdog – Ele tem subpelo denso e macio, como se fosse uma capa impermeável. O sobrepelo é armado, felpudo, sem nenhuma ondulação e de textura áspera. A pelagem deve dar a impressão de que o cão é roliço.

Puli e Komodor – Estas duas raças raras no Brasil têm pelagem muito peculiar. O cão dá a impressão de ter cordas penduradas ao longo de seu corpo. O sobrepelo é longo e encaracolado como de um carneiro, o subpelo é denso e macio.