A febre é um dos maiores sinais de que o nosso corpo está lutando contra algum tipo de infecção. Ela é definida com um aumento da temperatura corporal a um nível que é maior do que a considerada normal e quando está muito alta, a febre pode trazer graves consequências.

O mesmo acontece com os cachorros. Porém, no caso deles é um pouco mais difícil perceber quando as temperaturas corporais ficam mais elevadas do que o normal e de fazer essa medição.

Por isso, é importante ficar bastante atento aos sinais que podem indicar que o seu animal está com febre e você possa levá-lo ao veterinário o mais rápido possível.

Será que o seu cachorro está com febre? Saiba como identificar 1

Atendimento veterinário em Santo André, SP

Se a avaliação veterinária do seu cachorro não está em dia ou você tem dúvida sobre a saúde do seu cachorro já que ele parece muito ofegante, fale conosco!

Trabalhamos com especialistas em Endocrinologia, Oftalmologia, Oncologia veterinária. Atendemos todas as cidades da região metropolitana de São Paulo, nosso horário é flexível, das 9h às 21h durante a semana e das 9h às 17 aos sábados!

Fale conosco para marcar uma consulta

O corpo parece mais quente

Nos humanos, é comum pegarmos na testa e nos braços para saber se uma pessoa está com febre. Só depois deste primeiro toque é que usamos o termômetro.

Nos cães é um pouco mais difícil de perceber pelo toque se sua temperatura está mais alta do que o normal, porém, tocar em algumas partes do corpo específicas pode ajudar. As orelhas e o abdômen dos cães não costumam esquentar tanto, então, se você está achando seu animal molinho e sentir que ele está muito quente ao pegar nesses lugares, ele deve estar com febre.

Medir a temperatura dos cães em casa pode ser uma coisa bastante complicada, já que ela é medida através do reto, com termômetro normal, ou pela orelha, com um aparelho específico. Para saber como medir a temperatura do seu cachorro em casa o ideal é pedir ajuda para o médico veterinário de sua confiança, para que ele lhe ensine como se faz.

Fique atento

Outra dica muito importante que nós podemos dar é: fique atento aos seus instintos de tutor.

Se você, que conhece seu animal melhor do que ninguém, acha que tem Alguma coisa errada com o seu cãozinho, não deixe para lá. Leve-o imediatamente ao veterinário ou preste bastante atenção nos sinais e nos sintomas apresentados pelo cão. Seu instinto também pode salvar a vida do seu amigo de quatro patas.

Além disso, se o animal apresentar tremores pode significar que a febre já está muito alta.

Comportamento “mole” e letárgico

Será que o seu cachorro está com febre? Saiba como identificar 2

Por estar com algum tipo de infecção, o animal acaba ficando mole e apático, pois seu corpo está guardando energias para lutar contra essa infecção. Por conta disso, os cães acabam ficando com aquela aparência de cansados e sem muita vontade de fazer suas atividades do dia a dia, como se exercitar e até brincar.

Eles acabam ficando mais tempo deitados e quietinhos. Nesses casos, ele pode também estar com febre e você nem saber.

Se essa moleza vier acompanhada de outros sinais, como vômitos, diarreia, tosse, espirros ou secreção nasal, o ideal é levar o animal imediatamente para o veterinário.

Cachorro sem vontade de comer

Assim como acontece com os humanos, certos problemas de saúde também podem deixar os cães com falta de apetite e sem querer comer nada. A febre pode criar uma sensação de mal-estar que pode deixar os animais com falta de apetite.

Se o animal não está mostrando o menor interesse em comer e já chegou a passar um dia inteiro sem se alimentar, é bom levá-lo ao veterinário para saber o que está causando essa falta de apetite.

Vale lembrar que esse sintoma pode ser um simples comportamento circunstancial, um sinal de febre e de muitos outros problemas de saúde. Logo, fique atento e observe seu pet sempre.