Gatos idosos são familiares queridos, e pode ser desanimador vê-los desacelerar um pouco na velhice. Mas saber cuidar de um gato idoso pode fazer toda a diferença em sua qualidade de vida e pode ajudá-lo a permanecer por muitos anos.

Aqui estão algumas coisas que você precisa saber sobre como cuidar de seu gato mais velho.

Quando um gato se torna “idoso”?

Um gato é considerado idoso a partir dos 9 anos de idade. Dependendo do ambiente e se o seu gato é ou não um gato interno ou externo (ou ambos), a expectativa de vida deles varia. É relatado que gatos que vivem dentro de casa tem expectativa de vida maior, alguns são conhecidos por viver de 14 a 16 anos, com alguns vivendo até os 20 anos. Os gatos ao ar livre, por outro lado, vivem vidas mais curtas, em média, entre cinco e oito anos.

Idades da vida dos gatos:

Seis coisas que você precisa saber sobre gatos idosos 1

Pontos em comum entre humanos e felinos

O envelhecimento é um processo biológico natural que acontece com todos os seres vivos e gatos experimentam muitos dos mesmos sintomas de envelhecimento que os humanos, como:

  1. Perda de visão
  2. Menos elasticidade na pele
  3. Problemas dentários
  4. Perda de massa muscular
  5. Articulações rígidas / artrite
  6. Alterações nos padrões de sono
  7. Mudanças no apetite
  8. Mudanças de personalidade
  9. Sensibilidade ao frio
  10. Pelagem opaca
  11. Unhas quebradiças
  12. Alterações de peso

Como cuidar de um gato idoso

Quando você tem um gato mais velho, pode ser difícil vê-lo passar por essas mudanças naturais, mas existem maneiras de ajudá-lo nos últimos anos a garantir uma vida feliz e gratificante. A assistência médica e as seguintes considerações simples podem ajudá-los a se sentirem mais confortáveis.

1. Cuidados preventivos

Ser preventivo com a saúde do seu felino é o primeiro passo para evitar desconforto ou doença na terceira idade. Seu veterinário pode se encontrar com você e seu gatinho para discutir diferentes dietas, vitaminas, suplementos e possíveis medicações que podem ajudá-lo a evitar algumas das aflições decorrentes do envelhecimento.

Seis coisas que você precisa saber sobre gatos idosos 2
Seis coisas que você precisa saber sobre gatos idosos 3

Veterinária para gatos em Santo André

A clínica veterinária Uau Uau Que Mia conta com uma equipe de veterinários para atendimento de pets. Contamos em nossa equipe com a médica veterinária Dayse Rodrigues, especialista em saúde felina.

Entre em contato conosco para marcar uma consulta para seu gato mais velho e garantir sua saúde!

2. Aparar Garras

Gatos mais velhos não conseguem retrair suas garras à medida que envelhecem, por isso é importante verificar suas garras toda semana. Além disso, como os humanos, os gatos idosos ficam menos flexíveis quando envelhecem, de modo que uma boa escovação ocasional pode ajudar a soltar os pêlos e promover a circulação na pele.

3. Assistência Odontológica

A doença dentária é um problema extremamente comum para animais mais velhos e é totalmente evitável. Monitore seu gato para garantir que não haja baba excessiva, sangramento, vermelhidão, dor ou crescimento, causando desconforto. 

Além de causar mau hálito e desconforto, doenças dentárias podem levar a outras complicações se não forem tratadas. Se você reconhecer algum desses sintomas, entre em contato com seu veterinário para marcar uma consulta.

4. Mudanças na dieta

Seu gato mais velho pode precisar mudar a dieta para um produto mais macio e mais fácil de mastigar, da mesma forma que um ser humano sem dentes. Garantir que eles tenham uma dieta adequada e apropriada à idade ajudará a mantê-los em forma e saudáveis. Sempre consulte seu veterinário antes de mudar a dieta do seu gato e peça as recomendações na próxima visita.

5. Opções para necessidades fisiológicas

Seis coisas que você precisa saber sobre gatos idosos 4

Se o seu gato estiver acostumado a sair para o exterior para se aliviar, talvez seja hora de incorporar uma maca de gato para ajudá-lo à medida que envelhecem e sua mobilidade diminui. Gatos idosos geralmente sofrem de problemas urinários, portanto pode ser uma bênção para eles ter um lugar conveniente para ir. 

Seis coisas que você precisa saber sobre gatos idosos 5
Portinha para gatos. Felizmente o mercado já tem várias opções prontas para portas e janelas.

Essa também é uma maneira útil de ajudá-lo a monitorar quaisquer alterações nas fezes e evita que elas sofram condições climáticas adversas, onde podem desenvolver doenças devido a um sistema imunológico mais lento.

Os gatos envelhecidos costumam ter problemas urinários, por isso pode ser uma bênção para eles poderem ter um local conveniente para entrar em casa.

Além disso, caixas de areia de entrada mais baixa e panelas maiores para acomodar a diminuição da mobilidade ou artrite ajudam muitos gatos idosos a navegar no penico com mais facilidade.

6. Diversão e carinho

Seis coisas que você precisa saber sobre gatos idosos 6

Só porque seu gatinho é mais velho, isso não significa que ela não gosta de seu brinquedo ou colo favorito. Se o seu gato tiver um brinquedo favorito, verifique se ele está disponível para ele. O exercício para gatos mais velhos não precisa ser rigoroso, mas mesmo um pouco de tempo de jogo pode ajudar a manter o coração, os músculos e as articulações saudáveis. Pergunte ao seu veterinário sobre o tempo de reprodução apropriado.

Mostrar a afeição de seu gato pode ajudar a aliviar alguns dos sintomas da velhice, pois ajuda a reduzir o estresse em gatos . E algumas das mudanças que acompanham o envelhecimento podem ser muito angustiantes para o seu animal de estimação.

Por fim, você quer que seu gato veterano seja feliz, saudável e confortável. Ao garantir que eles tenham tudo o que precisam e agendar exames regulares com seu veterinário, seu felino certamente viverá o resto de sua vida com conforto. 

Entre em contato conosco hoje para marcar uma consulta para o seu gato sênior, para que possamos trabalhar juntos para proporcionar a melhor e mais saudável vida.