Patas inchadas são um dos problemas de saúde mais comuns em animais de estimação e podem causar muito desconforto para seus bebês de peles. É por isso que é importante inspecionar regularmente as patas do seu animal para ver se há sinais de inchaço e administrar os cuidados adequados quando necessário.

As patas inchadas no cão, ou mais comumente, uma das patas inchadas, é uma lesão relativamente comum, já que a maioria dos cães se movimenta muito em diferentes tipos de superfícies durante o dia normal! Em alguns casos, a causa será clara, como um espinho cravado no pé, mas em outros casos, não é tão fácil descobrir!

As patas inchadas do cão podem ser causadas por um pequeno problema ou algo mais sinistro, portanto, vale a pena aprender mais sobre como verificar as patas, reduzir possíveis problemas e descobrir o que fazer a seguir. Abordaremos esses fatores com mais detalhes neste artigo.

Causas comuns de patas inchadas em cães

Existem muitas coisas diferentes que podem estar fazendo com que as patas do seu cão inchem. Um dos motivos mais comuns é a presença de um objeto estranho , como uma pequena pedra ou espinho , alojado entre as almofadas da pata do seu animal de estimação. Como seu cão passa muito tempo fora de casa, ele é suscetível a muitas outras coisas diferentes que podem causar inchaço nas patas, como picadas de insetos , picadas de abelha e feridas perfurantes . Além disso, se você costuma levar seu cão para longas caminhadas no verão, o asfalto quente pode queimar as almofadas das patas do cão, causando inchaço.

Algumas das razões mais comuns pelas quais uma ou mais patas do seu cão podem estar inchadas são:

  • Alergias.
  • Patas doloridas devido ao esforço excessivo em superfícies duras.
  • Queimaduras nas patas por andar em uma estrada quente.
  • Danos como um dedo do pé quebrado.
  • Picadas de vespas ou abelhas.
  • Infecções.
  • Tumores entre os dedos dos pés.
  • Problemas cardíacos.
  • Lesões, como corpo estranho alojado na pata.

As causas mais sérias, mas menos comuns, de patas inchadas são infecções bacterianas ou fúngicas , problemas cardíacos e tumores . Como esses motivos podem exigir um tipo específico de tratamento, é importante levar seu cão ao veterinário se você suspeitar que alguma dessas causas está por trás de suas patas inchadas.

Sinais que você deve observar

Quaisquer problemas com as patas do seu cão devem ser fáceis de detectar, pois qualquer dor tornará difícil para o seu cão andar. Se você notar que seu cão está mancando , dê uma olhada nas patas dele imediatamente. Outros sintomas de patas inchadas incluem:

  • patas rachadas e sangrando
  • um odor fétido
  • constante roer das unhas e das patas
  • patas parecem vermelhas e são quentes ao toque
Veterinária em Santo André, SP

Médica veterinária em Santo André, SP

Se a avaliação veterinária do seu cachorro não está em dia ou você tem dúvida sobre a saúde do seu cachorro já que ele parece muito ofegante, fale conosco! Trabalhamos com especialistas em Endocrinologia, Dermatologia, Oftalmologia, Ortopedia, Oncologia veterinária. Atendemos todas as cidades da região metropolitana de São Paulo, nosso horário é das 8h às 20h de seg. a sex. e das 9h às 14h aos sábados!

Fale conosco para marcar uma consulta

Quantas patas estão inchadas?

Em primeiro lugar, chegar à raiz do problema pode ser muito simplificado fazendo algumas deduções com base em quantas patas são afetadas.

Uma pata inchada provavelmente significa um corpo estranho na pata, lesão em uma das patas ou, possivelmente, que sua pata foi picada por uma vespa ou abelha. Verifique também as garras, pois uma unha danificada também pode causar inchaço, e também é importante procurar entre os dedos do pé quaisquer sinais de tumor ou outro problema.

Se ambas as patas dianteiras estiverem inchadas, mas as traseiras parecerem boas, seu cão pode estar sofrendo de uma alergia que está fazendo com que lambam, mastiguem e incomodem as patas. Se o seu cão tem manchas doloridas ou outras áreas com coceira no corpo, este é o culpado mais provável.

Se todas as quatro patas forem afetadas, verifique as almofadas das patas para ver se elas podem ter se queimado por caminhar em uma estrada quente, ou desgastadas e doloridas por muito exercício em superfícies duras. Preste atenção especial se seu cão também estiver tossindo, o que pode parecer não relacionado, mas em combinação com patas inchadas pode ser uma indicação de um problema cardíaco.

O problema é a perna ou a pata?

Limite ainda mais o culpado, estabelecendo se é a própria pata (ou patas) que está inchada ou se o inchaço também envolve a perna.

  • Se a própria perna estiver inchada em grande parte de seu comprimento, é provável que o inchaço do pé esteja associado a isso, mas a lesão ou problema em si provavelmente será mais alto.
  • Se um dedo do pé em particular estiver inchado, ou apenas a pata em vez da perna, as chances são de que haja um problema com esse dedo ou apenas com a pata, como um corpo estranho, um dedo quebrado ou uma picada ou mordida.
  • Se as almofadas de todas as patas estiverem inchadas, o motivo mais comum é queimação ao caminhar sobre uma superfície quente ou danos ao caminhar sobre superfícies duras. No entanto, pés inchados e com crostas que não parecem muito doloridos podem ser um sinal de algo mais sério, como lúpus.

Como lidar com patas inchadas

Descobrir o que causou o inchaço é a chave para resolver o problema e dirá se é ou não algo pequeno que você pode cuidar em casa, ou se seu cão precisará ir ao veterinário.

Corpos estranhos alojados na pata, mas que não tenham rompido a pele ou que não tenham causado ferimentos profundos, podem ser removidos em casa. Em seguida, lavar e limpar a pata e ficar de olho em caso de infecção geralmente serão suficientes.

  • Se as patas do seu cão estão inchadas devido ao esforço excessivo, permitir que ele relaxe e se recupere totalmente, e evitar grandes impactos ou longas caminhadas em solo duro no futuro deve ajudar. Você também pode considerar mergulhar os pés do seu cão em uma solução de sal de Epsom.
  • Se seu cão está sofrendo de alergia, você precisará falar com seu veterinário para obter ajuda para identificar o culpado e descobrir como proceder.
  • Se as patas do seu cão cheirem a queijo ou fermento, eles podem ter desenvolvido uma infecção fúngica e, novamente, seu veterinário pode prescrever um tratamento.
  • Se as patas do seu cão estão doloridas devido a queimaduras ao caminhar sobre uma superfície quente, você pode resfriá-las e esperar que seu cão se recupere em casa molhando seus pés. No entanto, se as patas estiverem esfoladas, vermelhas ou lacrimejantes, você precisará ir ao veterinário.
  • Não ignore as patas doloridas se não conseguir descobrir a causa; pode haver algo muito errado e você deve sempre entrar em contato com o seu veterinário para obter conselhos se tiver alguma dúvida.

Como você pode cuidar do seu cachorro em casa

Como as patas inchadas podem ser muito dolorosas para o seu animal de estimação, você deve fornecer cuidados imediatos assim que determinar que uma ou mais patas do seu cão estão inchadas. Você deve primeiro verificar se há um objeto estranho preso entre as almofadas da pata do seu cão. Se houver, tente usar uma pinça para remover o objeto. Depois, lave o pé do seu animal com água morna e sabão para evitar infecções .

Se o seu animal de estimação queimou as patas no asfalto quente, mergulhar as patas em água fria deve ajudar a aliviar a dor. No entanto, se as queimaduras parecerem realmente graves, você deve visitar o seu veterinário o mais rápido possível.

Você também vai querer visitar o seu veterinário se seu cão foi mordido ou picado, pois esse tipo de lesão pode causar uma reação alérgica que pode ser perigosa para seu animal de estimação.

Finalmente, se você não conseguir deduzir a razão das patas inchadas do seu cão ou notar um caroço anormal que pode ser um tumor, você deve consultar o seu veterinário para que o problema possa ser diagnosticado e tratado adequadamente e seu cão possa iniciar o processo de cura.