A cetoacidose diabética (CAD) é essencialmente uma complicação do diabetes mellitus com risco de vida.

A CAD ocorre quando não há insulina suficiente no corpo para regular os níveis de açúcar no sangue (glicose).

Nessa condição, os níveis de glicose se acumulam na corrente sanguínea e o fígado do cão produz corpos cetônicos para atuar como fonte de combustível porque os níveis de insulina caem. O corpo do seu cão se tornará mais ácido quando os corpos cetônicos se quebrarem.

Isso causa a interrupção do equilíbrio normal de eletrólitos, o que aumenta o ambiente ácido nocivo.

Sinais e sintomas de cetoacidose diabética em cães

A cetoacidose diabética pode acontecer rapidamente e seus sintomas podem ser vistos dentro de um a dois meses após o desenvolvimento do diabetes. Os sinais de alerta de cetoacidose diabética em cães incluem:

  • Sede excessiva
  • Micção frequente
  • Nausea e vomito
  • Dor abdominal
  • Fraqueza
  • Fadiga
  • Respiração rápida com ofegante rápido e pesado
  • Hálito com cheiro de fruta
  • Confusão

Se o seu cão estiver apresentando algum desses sintomas, é importante que você agende uma visita ao seu veterinário imediatamente.

Sinais de que seu cão com diabetes está morrendo

Para facilitar a decisão, considere se o diabetes avançado também fez com que seu cão sofresse outros problemas de saúde, como:

  • Convulsões
  • Infecções do trato urinário (ITU)
  • Falência renal
  • Cegueira
  • Cetoacidose

Também é bom considerar que o tratamento para diabetes pode ser bastante intenso. Como os cães mais velhos já são mais fracos e frágeis, mantê-los vivos pode apenas prolongar seu sofrimento. No entanto, a decisão é, em última análise, sua. Como saber que o cachorro está morrendo.

Quando sacrificar um cão diabético

É difícil quando seu cão foi diagnosticado com um estágio avançado de diabetes. Enquanto amamos nossos amigos peludos, a melhor coisa que podemos fazer para aliviar o sofrimento deles é derrubá-los. Se você acha que chegou a hora de abater seu cão diabético, faça uma visita ao veterinário.

O seu veterinário poderá aconselhá-lo sobre a melhor coisa a fazer na sua situação e na do seu animal de estimação. No entanto, é aconselhável lembrar que a decisão final cabe a você.

Esta decisão definitivamente não é fácil, mas você precisará considerar a qualidade de vida do seu animal de estimação. Se o seu cão está sofrendo muito, então o maior e mais altruísta ato de amor pelo seu cão pode ser colocá-lo para dormir. Pode ser difícil deixar seu melhor amigo, mas o arrependimento de manter seu animal de estimação vivo e sofrendo por mais tempo do que o necessário pesará muito em você.

Conclusão

Cães com diabetes podem viver uma vida longa com tratamento. No entanto, é sempre melhor prevenir a ocorrência de diabetes em primeiro lugar. Embora alguns fatores, como a genética, estejam fora de nosso controle, podemos manter nossos animais de estimação saudáveis ​​garantindo que eles tenham exercícios regulares e uma dieta saudável. 

Se o seu cão foi diagnosticado com diabetes, mude para uma dieta de ração para cães diabéticos que contenha menos carboidratos para melhor controle de açúcar no sangue , além do tratamento com insulina que seu veterinário prescreveu. Isso permitirá que seu cão viva uma vida plena e feliz com você.

Endocrinologista veterinária Keila Ortêncio CRMV-SP 14352

Formada pela UNIRP, pós-graduada pelo Instituto de Ensino Universidade Brasil (qualittas) em endocrinologia veterinária, ela é a proprietária e também responsável pelos atendimentos de Endocrinologia Veterinária em Santo André.

Keila Renata Ortêncio (CRMV-SP 14352), veterinária em Santo André

Veterinária em Santo André

A Uau Uau Que Mia atende toda a região metropolitana de São Paulo. Marque uma consulta para seu cachorro ou gato. Contamos com diversas especialidades, exames, cirurgias, remédios e mais.

Saiba mais sobre a diabetes em cães

Frutas e cães diabéticos: o que pode e não pode

Incluir frutas na dieta do seu cão regularmente pode trazer muitos benefícios à saúde. As frutas são carregadas de…

Catarata e cegueira em cães diabéticos

Um dos efeitos colaterais mais frequentes do diabetes em cães são as cataratas e eventual cegueira. De fato, cerca de 75%…

Cachorro com diabetes – Guia para saber o que fazer

Diabetes canina Diabetes mellitus é uma doença do pâncreas, um órgão pequeno, mas vital, localizado perto do estômago. O…

Cachorro com diabetes pode comer cenoura?

Se você tem um cão com excesso de peso ou diabético, ficará feliz em saber que as cenouras são…

Cachorro com diabetes pode comer ovo?

Sim, os ovos são bons para um cão diabético porque são uma boa fonte de proteína e não causam…

Diabetes canina: o que é, sintomas e tratamento?

O Diabetes Mellitus em cães é uma doença em que o corpo sofre de falta de insulina (Tipo I)…

Dieta para cachorro com diabetes: o que alimentar um cão diabético

Diabetes acontece quando o corpo não é capaz de produzir insulina suficiente para equilibrar os níveis de glicose no…

O que é cetoacidose diabética em cães?

A cetoacidose diabética (CAD) é essencialmente uma complicação do diabetes mellitus com risco de vida. A CAD ocorre quando…

Obesidade e diabetes em cães – entenda o problema

A procura de um endocrinologista é o principal caminho para evitar que nossos estimados pets sofram dessas doenças. A…

Quais raças de cachorro tem mais chance de ter diabetes

Diabetes está entre as muitas condições que podem afetar um cão. Isso ocorre quando o corpo do cão produz…

8 orientações para alimentar cão diabético corretamente

A diabetes canina é um problema de saúde comum. A causa é falta do hormônio insulina ou por uma…

17 sintomas de diabetes em cães

Os sintomas mais comuns de diabetes em cães são aumento da sede, micção excessiva, perda de peso apesar do…

Guia rápido sobre diabetes em cachorro

Você tem um cão diabético? Quer saber mais sobre como testar o açúcar no sangue em cães? Diabetes em cães…

Expectativa de vida do cachorro diabético

Quantos anos vive um cachorro com diabetes? Depende… Muitos cães que apresentam  sintomas de diabetes  e são diagnosticados com ele não…
  • Categoria do post:Veterinária / Diabetes canina
  • Última modificação do post:13 de dezembro de 2023
  • Tempo de leitura:6 minutos de leitura

Keila Renata Ortêncio

Dra. Keila Renata Ortêncio (CRMV-SP 14352) é formada na UNIRP – Centro Universitário de Rio Preto e pós-graduada em Endocrinologia Veterinária pelo Instituto Universidade Brasil (Qualittas), Dra. Keila é a proprietária e responsável pelo serviço de Endocrinologia Veterinária, oferecendo cuidados especializados a animais com distúrbios endócrinos.