Respiração pesada em gatos (dispnéia): sintomas, prevenção e tratamento

Quando devo me preocupar com a respiração do meu gato?

Se você tem um gato de estimação, qualquer sinal de respiração rápida ou de respiração pesada deve ser motivo de preocupação. A dispneia (ou respiração pesada) em gatos pode ser muito assustadora e geralmente significa que há um problema respiratório, cardíaco ou pulmonar mais profundo.

Essa condição que resulta em respiração rápida pode ser atribuída a uma variedade de coisas e talvez perceptível a partir de alguns indicadores externos.

Se você já se preocupou com a saúde do seu gato, procurar um veterinário é a aposta mais segura. É importante que você faça alguns movimentos rápidos para garantir que seu gato tenha a melhor chance de uma recuperação completa.

Hoje, definiremos alguns dos sinais mais comuns de dispneia e problemas respiratórios em gatos, bem como como você pode tratá-los ou evitar que aconteça por completo.

Como dono de um animal de estimação, é sua responsabilidade identificar e cuidar de quaisquer doenças ou condições, então continue lendo para se informar sobre as medidas adequadas a serem tomadas se o seu gato estiver respirando pesadamente. 

Gato com respiração pesada e ofegante: dispnéia felina 6

Veterinária especialista em gatos

Nós contamos com nossa veterinária especialista em gatos Dra Daisy Rodrigues CRMV-SP 29815. Ela é médica veterinária formada pela UNIABC, especialista em anestesia e felinos. A Clínica Veterinária UAU UAU QUE MIA atende tutores de toda a região metropolitana de São Paulo. Veja nossa especialidade e entre em contato.

Por que meu gato está ofegando e respirando pesadamente?

Uma possível causa para respiração pesada (e potencialmente chiado) é que seu coração pode ter sido enfraquecido por doenças cardiovasculares anteriores devido à idade ou outros fatores que poderiam levá-los à insuficiência cardíaca congestiva; isso geralmente se apresenta por meio de respiração difícil e, eventualmente, dificuldade respiratória quando eles ficam muito cansados ​​de aumentar o oxigênio suficiente enquanto ainda tentam manter a circulação na mesma taxa porque a demanda supera a oferta. A respiração ofegante também pode ser um sinal de asma e pode ser causada por alergias ou uma infecção, como a pneumonia felina.

Quais são as causas da respiração pesada em gatos?

A primeira coisa a saber é que existem muitos sinais de alerta que podem apontar para dispneia ou outras condições respiratórias em gatos. A respiração rápida ou difícil é um sinal mais comum, embora não seja a única coisa a estar atento.

O que causa dificuldade para respirar em gatos?

Os gatos não são estranhos à respiração difícil, mas qual é a causa? Os especialistas dizem que pode ser uma reação a certos tipos de alimentos ou irritantes no ambiente do seu gato. Pode até existir como um sintoma de alergia.

Em primeiro lugar, existem muitas razões para a respiração difícil em gatos e algumas até podem levar à morte se não forem tratadas; por isso é importante obter respostas imediatamente. Algumas causas incluem asma, tumores cancerígenos nos pulmões ou em outros órgãos (como rins), coágulos sanguíneos se formando dentro dos vasos ao redor da área do pulmão que podem se romper e subir em uma artéria onde bloqueiam o fluxo – isso leva a alta pressão porque o oxigênio em nenhum outro lugar vá a não ser voltar pelas veias até que seu gato comece a tossir.

A causa mais comum, entretanto, origina-se de alergias – quando animais de estimação com sistema imunológico hipersensível reagem fortemente contra objetos estranhos, como partículas de pólen liberadas por plantas como gramíneas ou árvores durante a estação de polinização.

Se o seu gato está mostrando sinais de diminuição do apetite, falta de fome, diminuição do nível de energia ou outra compostura estranha que vai contra a norma, há uma boa chance de que ele esteja se sentindo mal.

Sempre que um gato, ou qualquer outro animal, evita suas tigelas de comida e água, quase sempre significa que algo está errado e deve ser motivo de preocupação. Se este é o sintoma que o deixa mais alarmado, uma visita rápida ao veterinário pode ajudar a esclarecer suas preocupações e garantir que seu gato receba a ajuda de que precisa. Os veterinários serão capazes de diagnosticar adequadamente o problema e podem tratá-lo.

Obstruções das vias aéreas

Respiração pesada e rápida são condições que resultam de fluido extra no peito. Esse fluido extra no peito normalmente causa dificuldade para respirar e pode interferir nos pulmões do gato. Isso, por sua vez, pode afetar a frequência respiratória e a quantidade de oxigênio que chega ao coração do gato a cada respiração.

A dispnéia, no entanto, não é a única condição que pode estar presente se o seu gato estiver com dificuldades respiratórias. Se você notar qualquer indicação de respiração rápida, certifique-se de verificar a boca e a garganta do animal em busca de sinais de obstrução das vias aéreas. Isso pode acontecer se eles engolirem um brinquedo ou uma grande quantidade de comida de uma vez e pode fazer parecer que estão com problemas respiratórios. 

Asma

Outra condição torácica que pode se revelar por meio de problemas respiratórios é a asma em gatos. Esta é uma condição que afeta os pulmões e precisa ser diagnosticada por um veterinário. Geralmente, o tratamento requer medicação regular e monitoramento, pois os pulmões do gato podem ficar cansados ​​com a respiração difícil.

Condições cardíacas e pulmonares

Se você notar qualquer sinal de dificuldade para respirar, ou se o seu gato estiver tendo dificuldade para respirar, procure atendimento veterinário imediatamente. Este é um sintoma que você não pode ignorar e pode até levar à insuficiência cardíaca congestiva ou insuficiência pulmonar se não for tratado. 

Como tratar a respiração pesada em gatos

Dependendo da causa da respiração rápida ou difícil, há certas coisas que você pode fazer para ajudar a aliviar os sintomas imediatamente.

Por exemplo, se você percebeu que a causa do problema de respiração pesada é algo obstruindo as vias aéreas, faça o possível para removê-lo sozinho o mais rápido possível. Depois que seu animal de estimação tiver tido tempo suficiente para se acalmar, sua respiração deve voltar ao normal se esta for a causa do problema.

Se, no entanto, você acha que seu gato pode ter dispnéia ou asma, é importante que você faça uma visita ao veterinário. Com qualquer frequência respiratória grave, você não pode perder tempo e deve procurar um especialista o mais rápido possível. A respiração difícil não é apenas infeliz para o animal, mas também pode ser muito perigosa e pode ser a causa de falta de oxigênio para o coração ou até mesmo a morte se não for tratada em tempo hábil.

Se você não puder levar seu gato ao veterinário imediatamente, certifique-se de mantê-lo o mais calmo possível e remova qualquer outro fator de estresse da área. Isso pode ajudar temporariamente o problema de respiração do seu gato enquanto você espera pela oportunidade de ir ao veterinário.

A dificuldade respiratória e as infecções respiratórias requerem atenção médica imediata e requerem medicação e, em alguns casos, cirurgia para curar. É importante que você leve muito a sério quaisquer problemas respiratórios e faça tudo ao seu alcance para que seu gato receba os cuidados médicos de que necessita.

Em casos graves, o fluido que pode se acumular no tórax precisará ser removido. Isso requer cirurgia para drenar o excesso de fluido do tórax para que o gato não precise trabalhar tanto para respirar.

O excesso de fluido não pode ser tratado por nenhum outro meio que não a cirurgia e pode causar muitos problemas se não for tocado. Se o veterinário notar sinais de fluido ou qualquer outra anormalidade por meio de radiografias de tórax, é muito provável que a cirurgia seja a única opção de tratamento viável.

Para estar preparado, procure veterinários locais que estão abertos 24 horas por dia, 7 dias por semana em sua área, para que você saiba aonde ir caso precise de cuidados veterinários de emergência.

Gato com respiração pesada e ofegante: dispnéia felina 5

Como prevenir a respiração pesada em gatos

Embora certas condições de saúde, como respiração pesada e asma, sejam inevitáveis, há coisas que você pode fazer para manter seu gato o mais saudável possível.

Certifique-se de manter seu gato alimentado com uma dieta saudável e completa que forneça todos os nutrientes adequados. Se você se preocupa por eles não estarem recebendo todos os nutrientes necessários de sua dieta, verifique a possibilidade de suplementos para melhorar a saúde geral do seu animal de estimação. 

Isso não vai prevenir a dispneia, por si só, mas dará ao seu animal uma base forte e saudável se ele for diagnosticado com qualquer condição respiratória. 

Além disso, mantenha os pulmões, o peito e o coração do seu gato fortes, mantendo um ambiente limpo e bem ventilado. Certifique-se de que seu animal de estimação tenha exposição adequada ao ar fresco e oxigênio e monitore sua respiração de vez em quando para ver se há algum sinal de seu gato respirando pesadamente.