Além da idade, existem outros fatores externos que podem levar ao desenvolvimento de câncer nos pequenos animais. Neste artigo, vamos compreender melhor sobre esse assunto, quais são os principais tipos que acometem os pacientes e ainda mostrar quais são as formas de diagnóstico e tratamento mais indicadas. A Clínica Veterinária UAU UAU QUE MIA tem entre suas especialidades a Oncologia Veterinária, e conta com equipe e parcerias prontas para oferecer ao seu animal de estimação o melhor tratamento.

Os animais, assim como os seres humanos, estão sujeitos a sofrer com o surgimento de câncer, ou neoplasias.

O problema ficou mais evidente nos últimos anos, nos quais os pequenos animais passaram a ter a expectativa de vida maior. Por essa razão, acabam sendo mais suscetíveis, já que a doença costuma afetar animais idosos. Nesse sentido, a oncologia veterinária tem se despontado como a principal esperança para os tutores.

Tipos de tumores mais comuns em cães e gatos

Em cães, os tumores de pele são os que apresentam maior frequência, sendo seguidos pelas tumorações de mama e as neoplasias do sistema hematopoiético (linfomas e leucemias principalmente).

Já em gatos, os tumores mais comuns são os do sistema hematopoiético (principalmente as leucemias), seguido por tumores de pele.

Conheça mais a oncologia veterinária e como ela é importante para a saúde animal 1

O câncer é uma das principais causas de morte em cães e gatos, por isso, o profissional que deseja atuar na prevenção, diagnóstico e tratamento dessa doença, precisa se especializar. Só assim conseguirá identificar o tipo, a causa exata e o tratamento mais indicado em cada caso.

A oncologia veterinária é a área responsável por diagnosticar e tratar câncer em pequenos animais. É uma especialidade que tenham ganhado destaque devido ao aumento da ocorrência de problemas oncológicos nos animais, resultado da vida mais longa desses pets.

A maioria das famílias já possuem um médico veterinário de confiança, sendo, portanto, fundamental que o oncologista trabalhe em parceria com esse profissional visando o máximo de bem-estar do paciente.

Por que os animais tem câncer? Existem vários fatores

De acordo com a oncologia veterinária, existem uma série de fatores que podem levar ao surgimento de câncer em pequenos animais. No entanto, as principais causas são:

  • fatores genéticos
  • idade avançada
  • mutações celulares em decorrência de fatores variados
  • animais que já estejam enfrentando outras patologias.

Além desses, à exposição dos animais à elementos externos como o sol  ou produtos químicos também é um fator desencadeador. Ademais, a falta de castração, sobretudo em fêmeas, podem levar ao desenvolvimento do câncer de origem hormonal.

Agende a sua cirurgia de castração, tanto para gatos e cachorros. Nossa clínica veterinária está situada na cidade de Santo André e atende toda a região metropolitana de São Paulo. Fale conosco para marcar uma consulta.

Visto isso, os principais tipos de problemas oncológicos em cães são:

  • tumores mamários e ovários, que ocorrem principalmente em fêmeas não castradas;
  • tumores cutâneos, que podem ser internos e externos e costuma afetar principalmente gatos despigmentados;
  • câncer de pele, causado pela exposição frequente e excessiva ao sol ;
  • tumores hematopoiéticos, que geram linfomas e leucemia nos animais

Como identificar câncer em animais

Há algum sinal que seja indicativo, que possa levar os proprietários a desconfiarem que um animal esteja com câncer? Sem, dúvida, existem vários sinais que podem ser observados.

Cada um dos tipos de câncer podem se manifestar de forma diferente no corpo do animal. Sendo assim, os principais sintomas da ocorrência do problema são:

  • Sangramentos espontâneos nas fezes, urina ou outros orifícios do animal
  • Massas anormais que persistem ou crescem
  • Feridas que não cicatrizam
  • Perda de peso ou de apetite
  • Dificuldade para respirar, comer e engolir
  • Odor forte ou desagradável
  • Perda de apetite
  • Intolerância ao exercício ou perda de força
  • Claudicação (mancar) de forma persistente
  • Dificuldade de respirar, urinar ou defecar
  • Mudança de comportamento se explicação

Assim, procure logo um médico veterinário e nos casos de diagnóstico de câncer, de preferência um oncologista, pois ele é o profissional mais indicado para escolher qual é o melhor tratamento para o seu animal. Lembre-se, quanto antes diagnosticarmos o problema, maiores serão as chances de sucesso no tratamento!

Entre em contato conosco e com nossa equipe veterinária para saber como podemos ajudar.

A melhor estratégia dos especialistas em oncologia veterinária deve ser realizar os exames veterinários corretos  para detectar com precisão a enfermidade. Principalmente pois, quando é diagnosticada precocemente, as chances do tratamento resultar em cura são bem maiores.

Além dos exames clínicos e sanguíneos, o diagnóstico por imagem é um importante aliado na oncologia veterinária. O ultrassom veterinário, por exemplo, permite a visualização da localização exata do tumor, o desenvolvimento e ainda, se tiver o efeito doppler, permite que o médico veterinário observe alterações na irrigação sanguínea. Após ser identificado, o tumor pode ser levado para a biopsia dos tecidos, por exemplo.

Tipos de tratamento

Já para o tratamento existem, basicamente duas formas. O primeiro deles é o tratamento curativo, realizado por meio de cirurgia para remoção do tumor. Este método pode ser relacionado com tratamentos alternativos tais como:

Quimioterapia veterinária

Nesse tratamento são utilizadas as mesmas drogas usadas em humanos, porém em doses menores. Isso permite que o pet possa levar uma vida quase normal, geralmente sem sofrimento.

Radioterapia veterinária

Também semelhante a aplicada em humanos, esse tratamento teve uma grande expansão nos últimos anos;

Eletroquimioterapia veterinária

É uma combinação do medicamento quimioterápico em associação a aplicação de um campo elétrico específico.

Imunoterapia veterinária

Mais utilizada em pacientes com melanoma, os medicamentos utilizados nesse método atuam em certas vias específicas das células tumorais matando-as.

Existe ainda o chamado tratamento paliativo, indicado para casos crônicos da doença, em que o tumor está em caso avançado. Nessa situação, não há possibilidade de cura e os cuidados são apenas para aliviar o sofrimentos dos animais.

Na oncologia veterinária é fundamental conhecer as origens do problema e, principalmente as formas de diagnóstico para que a doença seja diagnosticada com precisão o quanto antes.

Oncologia Veterinária em Santo André

Há mais de 15 anos em Santo André, a Clínica Veterinária UAU UAU QUE MIA, visa oferecer o melhor em relação ao atendimento médico veterinário à seus clientes e pets. Nosso objetivo é ser referência em Endocrinologia Veterinária, Oftalmologia Veterinária, Oncologia Veterinária e Felinos, e para isso contamos com uma equipe extremamente capacitada e experiente nos respectivos temas.

Temos como valores o respeito a vida e as pessoas, ética e transparência, confiança e integridade no relacionamento interpessoal, e são justamente esses os motivos que fazem a Clinica Veterinária UAU UAU QUE MIA ter um atendimento exclusivo e humanitário a todos os clientes e pets.