Você pode achar que nunca precisará aprender a engordar um cachorro. Afinal, é verdade que a obesidade em cães de estimação é um problema sério e comum. No entanto, os cães também podem estar abaixo do peso por uma ampla variedade de razões e, quando isso acontecer, você ficará surpreso com a dificuldade de fazer com que eles comam mais para se tornarem saudáveis. 

Alguns cães são agitados, alguns cães têm apetite naturalmente pequeno e alguns cães têm problemas biológicos ou médicos que tornam difícil para eles ganhar peso, mesmo quando parecem estar comendo muito.

Cães abaixo do peso 

Se você quiser saber como engordar um cão com segurança, primeiro deve se certificar de que entende por que ele está abaixo do peso. Aqui preparamos um guia sobre como saber qual o peso ideal do cachorro, com imagens ilustrativas. Inclusive com uma tabela que mostra as referências conforme a raça.

A causa da perda de peso determinará a melhor maneira de tratá-la, e existem algumas causas potenciais. Você precisará ir a um veterinário para entender completamente por que seu cão está abaixo do peso. Eles serão capazes de descartar causas médicas e dar-lhe o conselho melhor e mais apropriado para sua situação. As causas comuns de perda de peso em cães incluem:

Dependendo da doença, você pode descobrir que seu cão engorda naturalmente quando fica saudável novamente. No entanto, você também precisará garantir que eles estejam fazendo uma dieta adequada, saudável e balanceada durante todo o tratamento. Da mesma forma, um cão que está sendo oferecido com dieta insuficiente precisará ter suas necessidades cuidadosamente reavaliadas e um novo esquema de alimentação criado.

Por outro lado, um cão que está abaixo do peso devido ao estresse ou ansiedade precisará de mudanças em seu ambiente, ao invés de sua comida. É sempre possível que seu cão abaixo do peso possa se beneficiar de mudanças ambientais e dietéticas, então a melhor coisa a fazer é escute seu veterinário.

Perda de peso canina pode ser resultado de alguma doença e desequilíbrio metabólico, por exemplo. Para evitar qualquer dúvida, o melhor é marcar uma consulta com um médico veterinário e garantir que não exista nenhum problema de endocrinologia veterinária, por exemplo. 

Fale conosco, podemos agendar uma consulta para seu pet.

Uma dieta balanceada para cães

A melhor maneira de ganhar peso em um cão é começar avaliando o que você está alimentando, principalmente se ele não apresentar outros sintomas de doença. É uma dieta balanceada que oferece todos os nutrientes de que precisam? Você pode pensar que sabe o que é uma dieta balanceada para cães, mas deve verificar os ingredientes e as instruções da comida com cuidado.

Não é incomum que pais de animais de estimação cometam erros ao calcular calorias ou ao trocar marcas de alimentos. Lembre-se de que 1/2 xícara de um alimento para cães não oferece necessariamente o mesmo conteúdo calórico que 1/2 xícara de outro alimento. Com isso em mente, é sempre útil revisar algumas diretrizes básicas para criar uma dieta balanceada para seu cão.

  • A água é essencial para os cães e eles devem ter acesso a água potável em todos os momentos.
  • A proteína é o nutriente mais importante de que precisam. Proteínas encontradas em legumes e os cereais não são suficientes. Eles precisam de proteína animal e deve ser um dos primeiros ingredientes listados em qualquer alimento que você dê ao seu cão.
  • Gorduras podem ser ótimas com moderação, principalmente para ajudar um cão a ganhar peso, mas lembre-se de que 30 gramas de gordura têm quase o dobro da quantidade de calorias que 30 gramas de proteína. Os cães ficam doentes se forem alimentados com muita gordura.
  • Carboidratos são essenciais, pois fornecem fibras. Está presente na maioria dos alimentos para cães na forma de milho, arroz e trigo. Eles podem engordar, então alguns cães abaixo do peso podem se beneficiar de carboidratos adicionais em sua alimentação.
  • Vitaminas e minerais. Se você está preocupado em fornecer nutrientes suficientes para seu cão, pode fornecer suplementos de vitaminas e minerais. No entanto, você deve consultar um veterinário para garantir que não está desequilibrando sua dieta.
Como fazer cachorro ganhar peso de forma saudável 6

Como engordar cachorro desnutrido

Se você quer que o seu cachorro ganhe peso e massa magra, além de gordura, você precisa levar em consideração muitos aspectos.

Adicionando Calorias

Garantir que você está oferecendo uma dieta balanceada para seu cão é sempre benéfico. Isso ajudará um cão subnutrido a comer melhor e ajudará na recuperação de um cão que está sofrendo de uma doença ou enfermidade. No entanto, se o seu cão já tem uma dieta balanceada e simplesmente precisa engordar, a resposta é simples – ele precisa de mais calorias.Se você está se perguntando ‘o que posso alimentar para meu cão para ganhar peso’, existem duas opções principais e podem ser bastante fáceis de fazer, dependendo da personalidade do seu cão.

Dê-lhes outra refeição todos os dias

Às vezes, a resposta é tão simples quanto oferecer-lhes mais comida. Desde que a alimentação já esteja balanceada, com abundância de proteínas, carboidratos, minerais e vitaminas, então mais do que ajudará seu cão a engordar – simples! Portanto, se o seu cão já tem café da manhã e jantar, comece a adicionar o almoço ao meio-dia.

Uma questão importante a ser levada em consideração se você fizer esse método, no entanto, é que seu cão também precisará de mais pausas para ir ao banheiro. Portanto, se você quiser evitar uma surpresa desagradável, certifique-se também de adicionar outra viagem ao ar livre à sua rotina diária.

Ofereça-lhes comida humana

Muitos comida humana são perigosos para os cães, portanto, não forneça comida humana a seu cão se não tiver certeza se será bom para eles. No entanto, se você tiver certeza, alimentar seu cão com guloseimas adicionais de comida humana, como quando você janta, criará uma oportunidade adicional para seu cão adicionar algumas calorias ao dia e irá ajudá-lo a engordar .

Tornando a comida mais apetitosa 

Outra razão pela qual a comida humana pode ajudar os cães a engordar é que ela pode encorajar um comedor agitado ou ansioso a comer com mais frequência. Para muitos cães, o estresse ou a ansiedade são a causa da perda de peso e o problema pode ser que eles simplesmente não comem o suficiente, não importa o quanto você lhes ofereça. Para cães como esse, você precisa trabalhar para fazer a comida parecer mais apetitosa enquanto enfrenta as causas subjacentes do estresse.

A causa do estresse pode ser ambiental, psicológica ou médica. Portanto, se você precisa saber como engordar um cachorro com estômago sensível ou ansiedade, aqui estão algumas dicas para tornar a comida mais apetitosa. No entanto, certifique-se de visitar um veterinário para ajudar a diagnosticar a causa do estresse, de forma que você possa trabalhar simultaneamente para eliminá-lo.

Experimente uma nova marca de comida

Os cães têm preferências e gostos, por isso vale a pena experimentar alguns alimentos diferentes para ver qual deles desperta a melhor resposta do seu cão. Você deve certificar-se de que todas as marcas que experimenta são de alta qualidade e balanceadas, e deve ter cuidado para garantir que está fornecendo a seu cão a mesma quantidade de calorias, pois os alimentos podem variar em calorias por grama.

Esquentar a comida

Os cães respondem melhor a comida quente pois simula melhor o que seus ancestrais teriam comido e tem um cheiro mais apetitoso. Você deve certificar-se de que este alimento seja quente, e não quente. Lembre-se de que você está, essencialmente, tentando imitar a temperatura corporal da presa de um lobo, em vez de criar uma refeição escaldante. Servir comida quente para seu cachorro pode danificar sua boca. Para evitar ferver ou queimar os nutrientes de uma refeição, a melhor maneira de aquecer a comida do seu cão é colocá-la em um recipiente que seja seguro para aquecimento e adicionar esse recipiente à água fervente.

Exercício

Exercício também é um fator importante a ser considerado ao colocar peso em um cão. É uma má ideia reduzir a quantidade de exercícios que eles fazem, pois os exercícios mantêm seu cão em forma e saudável de outras maneiras. Também é possível que a perda de peso do seu cão esteja relacionada à atrofia muscular, possivelmente devido a condições como artrite ou doenças metabólicas. Isso será diagnosticado por um veterinário, que irá aconselhá-lo sobre a melhor forma de tratar o problema.

Como fazer cachorro ganhar peso de forma saudável 7
Passeios são importantes para a ansiedade dos cães

Ajudando um Cão resgatado faminto

É possível que você esteja interessado na perda de peso de cães porque encontrou um cão muito magro que precisa de cuidados e atenção urgentes. Obviamente, você deve levar esse cão ao veterinário. No entanto, também é importante que você saiba como engordar um cão desnutrido, pois ele é diferente de outros cães abaixo do peso.

O mais importante é não oferecer muita comida ao cão. Se você lhes der comida demais, rápido demais, eles podem morrer de “síndrome de realimentação”, quando o corpo é repentinamente chocado por excesso de fósforo e potássio, causando paralisia cardíaca e respiratória. Um veterinário poderá aconselhá-lo, mas provavelmente aconselhará alimentar o cão com pequenas quantidades várias vezes ao dia, em vez de oferecer 2 ou 3 refeições grandes, como faria com a maioria dos outros cães.

Consulta com o seu veterinário

Entre em contato com nossa clínica veterinária em São Paulo. Estamos na cidade de Santo André e recebemos tutores e pets de todo ABC Paulista e Região metropolitana de São Paulo.

Por último, lembre-se de que diferentes raças de cães geralmente têm formas e pesos corporais ideais diferentes. Um galgo, por exemplo, sempre parecerá naturalmente mais magro do que um Labrador Retriever. No entanto, em última análise, a melhor coisa que você pode fazer se estiver preocupado com o peso de algum animal é levá-lo ao veterinário. Eles lhe darão os melhores conselhos sobre a raça e a saúde do seu cão. Quando for ao veterinário, é uma boa ideia trazer:

  • Um registro da perda de peso se você os pesa regularmente
  • Embalagem de qualquer alimento e guloseimas que você oferecer, bem como a frequência com que você oferece esse alimento
  • Um registro de quaisquer sintomas adicionais potenciais
  • Um registro de quanto eles estão comendo da comida que você lhes dá.
  • Um registro de suas atividades e rotinas de exercícios.