Este é um blog dedicado a todo tutor que cuida da saúde e bem estar de seu cachorro ou gato. Muitas vezes esse cuidado se expande e o carinho passa a se demonstrar de outras formas.

Quantas vezes diante de um novo cadastro em um site ou aplicativo você ficou em dúvida sobre qual senha fácil de lembrar você poderia colocar? E quantas vezes você acabou escolhendo a senha a partir do nome do seu pet? Pois saiba que isso é muito comum…

Especialistas em segurança cibernética estão pedindo às pessoas que criem senhas mais difíceis de quebrar depois que uma nova pesquisa descobriu que 15% dos britânicos usam o nome de seu animal de estimação como um login.

Aviso de segurança cibernética sobre senhas baseadas em animais de estimação 1

O National Cyber ​​Security Center (NCSC) argumenta que essas senhas podem tornar mais fácil para os hackers forçarem o acesso às contas das pessoas simplesmente adivinhando nomes comuns de animais de estimação.

Isso acontece depois que uma pesquisa encomendada pelo centro, que faz parte do GCHQ, descobriu que muitas pessoas usavam senhas compostas de coisas que podem ser facilmente previstas – incluindo o nome de um animal de estimação (15%), o nome de um membro da família (14 %), uma data significativa (13%) ou um time de esportes favorito (6%).

Além disso, outros 6% admitiram ter usado a palavra “senha” no todo ou em parte da senha. É fundamental contar com uma boa segurança em nossas senhas e dados. Parte desse esforço envolve usar senhas difícies de quebrar, guardar bem estes dados, escolher sites e aplicativos confiáveis, contratar serviços de cibersegurança para nossas empresas e computadores pessoais e estar alerta para novos ataques, SPAM e golpes.

A organização de segurança cibernética está pedindo às pessoas que sigam as melhores práticas criando senhas usando três palavras aleatórias para ajudar a proteger melhor suas contas online.

O estudo do NCSC também descobriu que mais de um quarto das pessoas configurou pelo menos quatro novas contas protegidas por senha no ano passado, o que a organização disse ainda destacar a importância do uso de senhas fortes, com mais dados do que nunca para proteger.

“Podemos ser uma nação de amantes dos animais, mas usar o nome do seu animal de estimação como senha pode torná-lo um alvo fácil para cibercriminosos insensíveis”, disse o diretor de políticas e comunicações do NCSC, Nicola Hudson.

Recomendo a todos que visitem cyberaware.gov.uk e sigam nossas orientações sobre a configuração de senhas seguras, que recomenda o uso de senhas compostas por três palavras aleatórias.

A campanha Cyber ​​Aware do NCSC também aconselha o público a usar uma senha forte e separada para a conta de e-mail principal do usuário e salvar as senhas em um navegador da web para ajudar no gerenciamento.